Etc. e tal…

Até onde me lembro, estou em divída sobre dois assuntos: O primeiro é contar sobre como foi a gravação do CD Liberdade no dia 22 de Novembro (inclusive já estou com a edição do Cd em mãos, agora só falta a parte final), e o segundo assunto é o término da minha jornada escolar. Mas vou deixar esses dois assuntos para uma outra ocasião, agora quero falar spbre uma outras coisas.
No sábado, tia Leila e os meninos chegaram do Pará, vinheram passar férias conosco. É muito bom poder revê-los, apesar de estarmos sempre nos comunicando através da internet, a falta que sentimos daqueles que fazem parte da nossa vida é inevitável.
Agora começo a me lembrar de outros parentes distantes: Tia Tânia e família, ah, e o qerido Tio Laércio, tia Ana e as meninas? Amigos mais chegados que irmãos como tia Mari, ah como aquela serva me faz falta.
É, mais um ano chegando ao fim! A poucos instantes eu estava na casa da minha avó Lêda, e em conversa com meus tios e avós, recebi bastante ânimo para que eu busque poder estudar para aquilo que o Senhor me chamou. Não sei quais são os planos de Deus para a minha vida no próximo ano, mas quero mais uma vez, em público declarar que seja qual for a vontade do Pai, EU ME RENDO! Eis-me aqui para obedecer à direção do Senhor.
Acabei de ler um texto do Blog da Pra. Ana Paula, e o achei muito interessante, gostaria de compartilhar com você que lê esta humilde postagem.

“Esta experiência começou quando em um Domingo, me preparando para o culto, eu nem sabia como orar. Eu estava muito desgastada emocionalmente e parecia perdida dentro de mim mesma, sem saber como sair de um lugar de angústia em meu interior.
Foi aí que creio, recebi uma direção do Espírito Santo. Senti que deveriacantar louvores ao Senhor, olhar para Ele, sem pensar mais em mim, em como eu estava, mas exaltá-Lo e engrandecê-Lo diante dos meus olhos. Fiz uma lista caprichada, com músicas de exaltação, declarando quem Deus é,proclamando o quanto é digno e que nós, Seu povo, O adoramos.
Aquele culto foi marcado por tamanha glória do Senhor que dias depoispessoas ainda vinham falar comigo sobre como a presença de Deus encheu seus corações. Em uma das conversas, ouvi exatamente o que eu havia discernido, que o culto foi diferente porque cantamos adoração, e não músicas mais voltadas para nós, seres humanos.
Sei que há tempo para tudo. Há tempo de consolar o que sofre, levantar oabatido, com canções de fé que nos façam lembrar do amor e fidelidade deDeus. Ele sempre cumpre Suas promessas. Mas há um lugar mais alto para onde podemos subir, mesmo os mais desgastados e necessitados, quando escolhemos olhar para o Senhor e exaltá-lo, mesmo em meio às nossas dificuldades. Felizes ou chorando, ao adorarmos a Deus somos transportados a uma outra dimensão e de repente nossas situações desaparecem diante de nossos olhos, pois vemos a grandeza do Senhor. Tudo parece se resolver dentro de nós, e por que não dizer que até mesmo recebemos vitórias, pois Deus batalha as nossas guerras?
Adoração. Desde então tenho escolhido cantar sobre Ele, e para Ele, mais do que qualquer outra coisa. Pelo menos, esta tem sido a direção para onde o vento do Espírito está soprando, e eu vou me render a Ele. Tem sido escape, refúgio, fonte de alegria e força.”

Postado por Tássyo Almeida em 15/12/2008
Anúncios
Explore posts in the same categories: Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: