Arquivo para agosto 2009

Pensamentos

31 de agosto de 2009

joshua_raineyEstava lendo algumas coisas que tenho no meu computador, e encontrei essa pérola junto a algumas frases e pensamentos que escrevi. É algo bem interessante, que eu acredito valer a pena postar aqui no BLOG.

“Acredito ser este o momento em que muitas coisas deixaram de ser prioridade para mim.
Sigo agora com propósitos firmes. Agora eu sei o que quero.

Viver os planos de Deus para mim:
Meu desejo.
Morrer por amor a Cristo:
Minha maio ambição.

Mas enquanto viver e houver força em mim, viverei a liberdade pela qual Cristo morreu.
Quero ser livre da religiosidade, quero sentir em minhas veias a adrenalina de viver Jesus.

Quero correr o risco de viver em um mundo no qual a cada dia eu caia de cabeça no mistério de tudo aquilo que um dia eu posso ser.

Meus sonhos … Eles estão prestes a desaparecer, porque creio que falta muito pouco para que tudo o que já sonhei se torne realidade. Eu já posso ver o cumprimento!

Fico feliz, porque por mais altos que sejam os meus sonhos, sei que os sonhos do Senhor para mim são ainda mais elevados do que os meus. “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou no coração humano aquilo que o Senhor tem preparado para nós…”

Tássyo Almeida (27-06-2008)

Postado por Tássyo Almeida em 21/01/2009

Anúncios

De volta aos Bons Tempos

23 de agosto de 2009

Ah, como é bom poder ter novamente em casa aqueles amigos chegados!
Meus tios, Leila e Vado, que vinheram do Pará passar férias conosco estiveram aqui em casa junto com tio Fábio e tia Cristina. Os meus primos também vinheram, também a pequena Fábia passou a tarde aqui em casa (desde a hora que cheguei do trabalho até agora, eu e ela estávamos aqui na sala de casa pulando e celebrando ao som de Aline Barros e Diante do Trono). Pude relembrar dos meus tempos de infância onde às segundas, quartas e sextas-feiras nos reuníamos uns nas casas dos outros, sempre nesta alegria.
Por último, estávamos ouvindo a gravação do nosso CD Liberdade, temos tido muita dificuldade no processo de pós produção, pois a Day trabalha muito, Lana tem viajado de férias e eu e Sábita temos dificuldades em finalizar este projeto sozinhos, também existem algumas músicas cuja “pós” vai precisar ser feita na Igreja por questão de acústica. Orem por nós!

ATUAAAAlCpCwdIrrJzHsj8GsUqntSsXr-WHtGnF0zBdl1foSZ-pjuhelH71T4Yo-w81h0zXF92pNJHn5kZ5rAlwqvpDoAJtU9VDxVr7zDKtmfO81T8oFdZMMmbFaTA

Deuteronômio 11 (Terra das Promessas) Diante do Trono

23 de agosto de 2009

Um novo Tempo

23 de agosto de 2009

gdtmaro2008ct9

Amados!

A paz do Senhor esteja conosco. O ano de 2008 para mim foi um ano de muito aprendizado, um caminho longo e cheio de pedras que criaram em mim uma certa resistência aos aborrecimentos desta vida.

Enfim, chegou o ano de 2009; um ano em que as promessas do Senhor tem se tornado cada vez mais vivas em minha vida. Sinto que as palavras que Deus proferiu a respeito daquele menino de apenas sete anos de idade se apressam a serem cumpridas. Tenho aprendido muito com o Senhor, e aqui nesse espaço do Blog, gostaria de compartilhar com vocês algumas destas experiências que tenho tido com Deus.

Espero que este Blog possa abençoá-lo, e que venham as bênçãos e o Reino do Senhor a nós neste ano de 2009!

Com carinho, Tássyo Almeida
Postado em 11/01/2009

De volta ao Caminho

22 de agosto de 2009
Nos últimos dias tenho vivido alguns conflitos pessoais. Preciso muito parar e ficar sozinho com Deus, ter uma perspectiva melhor de tudo o que está acontecendo para então tirar minhas conclusões e tomar minhas atitudes.Fiquei confuso, não sabia por onde começar. Acho que ao ouvir a música Deuteronômio 11 do Diante do Trono, me lembrei do caminho de volta à intimidade com o Senhor: A obediência.
 
 
Postado por Tássyo Almeida em 28/12/2008

A Esperança Renasce…

22 de agosto de 2009
Eu me lembro bem daquela noite… Saí do trabalho, fui à escola, mas a angústia dentro de mim era tanta, que o meu rosto demonstrava abatimento. Pedi licença no meio da aula e fui para casa. Eu precisava me aquietar, pensar, orar… Entregar a Deus tudo o que eu sentia. Eu não tenho o costume de carregar chaves comigo, mas naquela quinta-feira, meus pais haviam ido à igreja, e eu estava com a chave de casa. Ao chegar, encontrei a casa vazia e escura, e sem acender luz nenhuma entrei, joguei minha mochila, coloquei o CD Cura-me, e fui direto na faixa 11: Não é tarde. Aquele CD estava falando muito ao meu coração, como até hoje tem falado.
Consigo me lembrar daquelas lágrimas (foi a última vez que chorei de verdade), a angústia era tamanha, que eu gritava enquanto fontes de águas corriam dos meus olhos. Eu não entendia a vontade do Senhor, muito menos o que Ele estava querendo me dizer.
Eu achava que era apenas mais uma paixão que me faria sofrer, mas algo me dizia que era uma promessa de Deus para mim. Ah, como eu gritei enquanto cantava aquele refrão: “Minha força vem de um Deus que faz milagres, minha fé está além do impossível. Minha Esperança viva está, meu coração não quer parar, pois nunca é tarde para se sonhar… Sempre há uma Esperança para aqueles que esperam firmes nas promessas do Senhor, o Deus do impossível. Haja o que houver, eu sonharei, teus lindos sonhos viverei, não desistirei!”
Nossa, enquanto fazia esta oração, fui tão encorajado a avançar, tentando conquistar aquela menina. De várias formas tentei, não deu. Fui conversar com minhas amigas: A minha Best,como sempre me apoiou, apesar de me alertar de que nossas realidades eram bem diferentes, e que o temperamento dela era um pouco diferente do meu. Outra amiga, mais próxima a ela me disse que havia um carinha a fim dela, e que ela estava encantada com ele. Reconheci que ele tinha mais chance que eu. Percebi a fidelidade dos meus amigos. Eles se preocupavam em ser sinceros comigo, mesmo que a sinceridade deles fosse momentâneamente dura para mim.
Depois de semanas, decidi por mim mesmo não insistir naquela história. Tentei cobrir tudo que eu já havia feito, aquilo já estava gerando em mim um certo desconforto. Ela não tava a fim e ponto. É gente, confesso: Desisti! Não sei por quanto tempo.

Tudo isto faz algun tempo, meses, eu já nem dava mais importânca aquilo (nem lembro o que eu fiz com as fotos que tinha dela). Já é final de ano, e minha tia Leila e os meninos chegaram sábado do Pará. Fui recebido por Léo com um “Já sei, você tá apaixonado por …”. Eu fiquei surpreso, como ele sabia daquela história que para mim estava morta, mas ele me contou que tio Neto havia comentado na casa da minha avó, surpresa maior ainda, a história havia morrido para mim e para aqueles com quem eu convivia, mas para as pessoas que gostariam de ajudar mesmo morando a uma certa distância não. Hoje fiquei sabendo que por parte da família dela eu tenho o maior apoio, principalmente por parte do pai. Sabe, meu coração marcado, calejado, cansado, de repente acendeu de novo. É a Esperança que começou a renascer em mim. Enquanto ouvia a música Salmo 126, me rendi à vontade de Deus, e comecei a dizer a Ele, que quero voltar a sonhar os sonhos imposssíveis dEle para mim. Sabe, logo quando esta história começou eu me sentia como um bravo guerreiro que já está certo da vitória, mesmo lutando sozinho conhtra um grande exército. Não consigo identificar exatamente o que me fez desanimar, mas me lembro que foi para mim uma decepção muito grande achar que esta paixão não vinha do Senhor depois de tudo o que passei. Mas agora vejo que os sonhos vindo de Deus não se frustram jamais.

Algumas músicas que tem tudo a ver com esta história são:
Não é tarde, Salmo 126, Esperança, Nunca pare de lutar e Os sonhos de Deus.

Postado por Tássyo Almeida em 16/12/2008

Etc. e tal…

19 de agosto de 2009
Até onde me lembro, estou em divída sobre dois assuntos: O primeiro é contar sobre como foi a gravação do CD Liberdade no dia 22 de Novembro (inclusive já estou com a edição do Cd em mãos, agora só falta a parte final), e o segundo assunto é o término da minha jornada escolar. Mas vou deixar esses dois assuntos para uma outra ocasião, agora quero falar spbre uma outras coisas.
No sábado, tia Leila e os meninos chegaram do Pará, vinheram passar férias conosco. É muito bom poder revê-los, apesar de estarmos sempre nos comunicando através da internet, a falta que sentimos daqueles que fazem parte da nossa vida é inevitável.
Agora começo a me lembrar de outros parentes distantes: Tia Tânia e família, ah, e o qerido Tio Laércio, tia Ana e as meninas? Amigos mais chegados que irmãos como tia Mari, ah como aquela serva me faz falta.
É, mais um ano chegando ao fim! A poucos instantes eu estava na casa da minha avó Lêda, e em conversa com meus tios e avós, recebi bastante ânimo para que eu busque poder estudar para aquilo que o Senhor me chamou. Não sei quais são os planos de Deus para a minha vida no próximo ano, mas quero mais uma vez, em público declarar que seja qual for a vontade do Pai, EU ME RENDO! Eis-me aqui para obedecer à direção do Senhor.
Acabei de ler um texto do Blog da Pra. Ana Paula, e o achei muito interessante, gostaria de compartilhar com você que lê esta humilde postagem.

“Esta experiência começou quando em um Domingo, me preparando para o culto, eu nem sabia como orar. Eu estava muito desgastada emocionalmente e parecia perdida dentro de mim mesma, sem saber como sair de um lugar de angústia em meu interior.
Foi aí que creio, recebi uma direção do Espírito Santo. Senti que deveriacantar louvores ao Senhor, olhar para Ele, sem pensar mais em mim, em como eu estava, mas exaltá-Lo e engrandecê-Lo diante dos meus olhos. Fiz uma lista caprichada, com músicas de exaltação, declarando quem Deus é,proclamando o quanto é digno e que nós, Seu povo, O adoramos.
Aquele culto foi marcado por tamanha glória do Senhor que dias depoispessoas ainda vinham falar comigo sobre como a presença de Deus encheu seus corações. Em uma das conversas, ouvi exatamente o que eu havia discernido, que o culto foi diferente porque cantamos adoração, e não músicas mais voltadas para nós, seres humanos.
Sei que há tempo para tudo. Há tempo de consolar o que sofre, levantar oabatido, com canções de fé que nos façam lembrar do amor e fidelidade deDeus. Ele sempre cumpre Suas promessas. Mas há um lugar mais alto para onde podemos subir, mesmo os mais desgastados e necessitados, quando escolhemos olhar para o Senhor e exaltá-lo, mesmo em meio às nossas dificuldades. Felizes ou chorando, ao adorarmos a Deus somos transportados a uma outra dimensão e de repente nossas situações desaparecem diante de nossos olhos, pois vemos a grandeza do Senhor. Tudo parece se resolver dentro de nós, e por que não dizer que até mesmo recebemos vitórias, pois Deus batalha as nossas guerras?
Adoração. Desde então tenho escolhido cantar sobre Ele, e para Ele, mais do que qualquer outra coisa. Pelo menos, esta tem sido a direção para onde o vento do Espírito está soprando, e eu vou me render a Ele. Tem sido escape, refúgio, fonte de alegria e força.”

Postado por Tássyo Almeida em 15/12/2008